Loading...

Maria Cordeiro

O rei e o amor perfeito

Conta uma história, que havia um rei que tinha em seu castelo um jardim encantado. Que todas as plantas do jardim queriam muito agradar seu rei e com ele sempre conversavam.

Mas um belo dia, enquanto o rei por lá passeava, notou que a sua grande castanheira estava seca e sem folhas. Indagando-a porque estava assim, ela lhe disse que gastara toda sua energia para ficar bem verdinha como o pinheiro no inverno e agora, estava assim, sem folhas, carequinha!

O rei andou mais um pouco e viu que o pinheiro também estava seco!

Perguntando porque, este respondeu que querendo agradar mais ao seu rei, ele tentara dar frutos como a parreira, de tanto tentar se esturricou!

Passeando mais à frente viu que sua parreira de uvas estava bem murcha e sem uvas. Fez os mesmos questionamentos, ao que ela respondeu que queria agradar o rei e tentou fazer rosas como a roseira…

O rei desolado com tantas tentativas de agradá-lo, viu que num cantinho tinha uma florzinha muito linda inteira, bela… e foi –lhe perguntar como ela fazia para ficar assim, tão linda!

Ela respondeu, que nascera pra ser daquele tamanho e forma, e que para agradar ao seu rei, ela era o que tinha que ser da melhor forma!

O rei perguntou, então, quem era ela, ao que ela respondeu:

– Eu sou o amor perfeito!

O rei percebeu que precisava ensinar ao seu jardim que bastavam ser o que tinham que ser, o melhor que podiam ser!

.

Autor desconhecido.

Comentários (0)

Comente

O seu email não será publicado. (*) Campos de preenchimento obrigatório.